Uma solução interessante para nossos queridos pacientes que sofrem com prótese total, a mais conhecida dentadura!

Posted in Uncategorized on 20 de Janeiro de 2017 by Dr.simoncunha

protocolo

Bons motivos para fazer implantes!

Posted in Uncategorized on 10 de Setembro de 2015 by Dr.simoncunha

4

Fibroma ou Lesão de células gigantes???

Posted in Uncategorized on 8 de Novembro de 2011 by Dr.simoncunha

lesão bucalPaciente, sexo feminino, meia idade, procurou-me com essa lesão, pedicula, de crescimento rápido(4 meses), que começou após remoção de canino e que radiograficamente não apresentou afastar dentes vizinhos e uso de prótese remóvivel provisória desadaptada, aguardo histo-patológico para conclusão do laudo.

Emergência Médica

Posted in Uncategorized on 25 de Agosto de 2010 by Dr.simoncunha

  • Por cultura, nós, brasileiros, não convivemos em nossa grade curricular de estudos com essa importante ferramenta decisiva para salvar vidas. A manobra rcp, muito simples, deve ser cada vez mais divulgada, de forma que possa se manter a vida até que a emergência possa assumir o controle da situação!Você vai perceber que o vídeo encontra-se em espanhol,visto que não encontrei um vídeo legal em português. Segue um resumo:
  • verificar se a vítima  está consciente ou não, chamando-o ou com um tapinha nos ombros;
  • inconsciente, deve-se deitar a vítima no chão  de barriga para cima e aproximar-se de sua cabeça;
  • sentir, ouvir, ver se o paciente está respirando;
  • caso contrário, elevar  a mandíbula para cima e para trás levemente apoiando sobre a manbíbula, assim vai ocorrer a desobistrução das vias aéreas superiores;
  • em seguida apertar as narinas e soprar na boca da vítima verificando se houve elevação do tórax;
  • na sequência , ponha dois dedos sobre a carótida da  vítima e verifique se há sinais de circulação;
  • iniciar massagem com as duas mãos espalmadas de 4 a 5 cm abaixo da linha dos mamilos, usando o peso do corpo, deprimindo o esterno;
  • deve-se fazer 30 compressões para cada 2 ventilações, realizando a reavaliação a cada 5 ciclos;
  • não parar até que a emergência chegue para dar seguimento ao atendimento.
Dr. Simon Cunha- Implantodontia

tudo sobre implantes dentários